19 de mai de 2011

Ovo: herói ou vilão?


ovo_site

DURANTE MUITO TEMPO o ovo foi considerado um daqueles alimentos “malditos”, que deveriam ser evitados a qualquer custo, pois poderiam causar aumento de colesterol e prejudicar o funcionamento cardíaco. Atualmente, porém, esse conceito está sendo revisto. Especialistas afirmam que incluir um ovo na dieta diária traz mais benefícios que riscos. Principalmente para os atletas, pois ajuda a melhorar a disposição e a qualidade dos treinos.

Entre as vantagens do alimento estão a facilidade de ingestão e o grande número de possibilidades de preparo – em saladas, cozido, mexido ou como omelete. Na clara, por exemplo, está a vitamina B12, que combate o risco de deficiência de ferro. Mas é a gema que fornece os minerais e os lipídios, além de vitaminas e do ômega 3, gordura extremamente benéfica para o cérebro e que estimula o equilíbrio da insulina e da glicose. Médicos alertam, porém, para o perigo dos ovos crus, em gemadas ou apenas com sal: o risco neste caso é a salmonela, bactéria que provoca infecção intestinal e, obviamente, acaba com a alegria – e a possibilidade de participar – de qualquer competição.

Uma das melhores notícias, entretanto, é a comprovação de que o ovo contém leucina. O aminoácido não produzido pelo corpo é usado pelo organismo para sintetizar proteínas e atua como fonte de energia durante atividades físicas, aumentando a resistência e diminuindo o cansaço, além de ajudar na redução de gordura corporal. O ovo também é rico em albumina, proteína com nove aminoácidos necessários para o processo de anabolismo (aumento de massa muscular magra). A substância, facilmente absorvida, auxilia em processos regenerativos como crescimento de unhas, cabelos e crescimento muscular. Além disso, revitaliza o sistema imunológico, contribuindo para afastar gripes e resfriados. Estudos recentes comprovam ainda que não há risco de as pessoas desenvolverem doença cardiovascular ao consumir até um ovo por dia. O ideal, entretanto, é evitar o alimento frito. Como se não bastassem tantos benefícios, ovos de galinha ainda são boas fontes de colina, proteína que age no cérebro, favorecendo a disposição para aprender e a memória – para ninguém se esquecer de amarrar os cadarços.
Fonte: Site Jornal Corrida

Veja Mais:

Tênis Mizuno Wave Nirvana em 10x de R$ 52,99

Tênis ASICS GT 2160 em 10x de 39,99

K-Swiss Kona Ironman em 10x de R$ 49,99

Nenhum comentário:

Postar um comentário