6 de dez de 2011

Prepare-se para terrenos montanhosos


Getty Image

Corridas de montanha passam por trechos íngremes, com terra, pedras, riachos, aclives e declives acentuados, na maioria das vezes com percurso sinalizado. São diversos tipos de terreno com variação de altitude. Já a corrida de aventura é uma prova multiesportiva e em equipe, mas sem ser de revezamento. São ao menos cinco modalidades como trekking, mountain bike, canoagem, orientação e técnicas verticais.


O ortopedista e médico do esporte Maurício Póvoa Barbosa explica que os terrenos irregulares exigem maior controle muscular dos tornozelos, joelhos, quadris e coluna. “O atleta precisa trabalhar a musculatura antagonista para aumentar o equilíbrio. E isso requer concentração.”
 
Atenção para a altimetria
Naval Freitas, treinador da Ritmo Certo Assessoria Esportiva, salienta que o treino específico não pode ser apenas de subidas e descidas, pois o corpo não suporta uma carga diária tão intensa. O diretor da Selva Aventura e treinador Geraldo Isoldi completa que tiros, longos e a mescla entre distância, ritmo, terrenos e recuperação são bem-vindos.
 
Na subida, momento mais cansativos e que exige a impulsão dos braços com passos curtos, deve-se dar atenção à postura. Já nas descidas, o corredor deve estar mais atento à técnica, pois é nesta especificidade da corrida que ocorrem mais lesões. “A dica é soltar as pernas, alargando as passadas e distribuindo a força na região do core, além de pisar com a planta do pé inteira no chão, tocando com suavidade os calcanhares e fazendo uma leve flexão dos joelhos”, diz Isoldi.

Escolha o tênis correto
O tênis ideal para corridas de montanha precisa ser leve, com sola aderente, cravos e um bom escoamento de água (para secar rápido e impedir que o pé fique úmido por muito tempo). Também se recomenda uma biqueira reforçada e amortecedores.

texto Ainá Vietro


Fonte: The Finisher


Nenhum comentário:

Postar um comentário