28 de fev de 2013

Razões para começar no Triathlon


velocity-action3-lg.gif
Foto: Foter


Por ser um desafio gratificante, que traz inúmeros benefícios, o Triathlon é um esporte para todos 


À primeira vista, o Triathlon intimida. Parece loucura alguém querer acordar por volta das 5h da manhã, às vezes antes, pedalar pelas ruas vazias e correr enquanto o sol ainda nem nasceu, mas essa rotina faz parte da vida de diversas pessoas que encontraram neste esporte uma paixão acima dos próprios limites. 

O esporte é realmente desafiador e parece estar muito distante da maioria das pessoas. Mas antes de ser um esporte, o Triathlon é uma filosofia de vida, uma nova consciência sobre o corpo e a mente, a saúde e a autoestima. Representa, ao mesmo tempo, superação física e crescimento pessoal. Os motivos pelos quais cada vez mais pessoas se doam a ponto de trocar a vida social pelas madrugadas de treino, o conforto pela dor dos treinos são o sentimento de vencer limites, avançar no desempenho e reduzir seu tempo. Coisas que trazem orgulho e muita satisfação pessoal.

O Triathlon é considerado uma jornada. Mesmo que as pessoas tenham razões diferentes para praticar este esporte, os benefícios são universais. Aqueles que procuravam emagrecimento, quando percebem o prazer de baixar o tempo e vencer limites, superam o desejo de emagrecer, se dedicam à atividade com mais prazer ainda e, por consequência, emagrecem mais. 

E por conjugar três disciplinas esportivas, o Triathlon também triplica os benefícios. A natação desenvolve os membros superiores e exercita os músculos de forma uniforme. O ciclismo fortifica os glúteos, define as pernas e ajuda a melhorar a capacidade aeróbica do atleta. A corrida traz um grande gasto calórico, também define pernas, panturrilhas e coxas, além de desenvolver a capacidade cardiovascular.

Mas para que todo este conjunto de benefícios chegue até o triatleta, também é preciso adequar a alimentação para conseguir enxergar os avanços durante o treino, não apenas em questão de emagrecimento, mas pelo rendimento em si. Essa responsabilidade com a alimentação faz parte da disciplina que o Triathlon impõe aos atletas que pretendem obter algum ganho com este esporte.

Juntas, a disciplina e a perseverança trazem o autoconhecimento. Ainda na fase de treino, mesmo em nível amador, o atleta aprende a conhecer a si e aos seus limites, sua força de vontade e capacidade de focar nos objetivos. Essas características são tão importantes quanto um bom tênis e uma bike bem ajustada. Os treinos pesados testam a sua concentração e também modificam a percepção de dor, que passa a não incomodar tanto a partir do momento em que a sua mente está treinada para manter o foco.

A prática regular de exercícios físicos promove adaptações fisiológicas e mecânicas significativas, desenvolvendo a resistência geral do organismo e ainda beneficia aspectos psicológicos, proporcionando uma melhora na qualidade de vida do indivíduo como um todo. Estudos norte-americanos apontam que a prática sistemática de atividade física está relacionada a nenhum ou a poucos sintomas depressivos (incluindo o diagnóstico clínico de depressão) ou de ansiedade. O exercício ativa as células de memória do cérebro, o que representa um ótimo momento para substituir o estresse por novas ideias positivas e construtivas. Além disso, melhora o estado de humor através da liberação de serotonina e endorfina, hormônios relacionado ao prazer e ao bem estar do organismo.

Como é uma atividade que exige muito do corpo e causa um alto desgaste físico, se torna necessária a contratação de um treinador e a formação de grupos.

No início, uma característica desmotivadora é o alto custo dos equipamentos e acessórios, que para algumas pessoas se tornam proibitivos, e a curta vida útil que eles têm frente à intensidade dos treinos. Isso sem contar os valores de inscrição das provas e as viagens. Mas é possível controlar a ansiedade inicial de se equipar como os triatletas profissionais que aparecem nas competições internacionais.

Para um triatleta que treina por lazer, o ideal é manter uma frequência mínima de treino de três vezes por semana, de duas horas cada, uma hora para cada modalidade. Se os treinos forem nos finais de semana, três horas.

O Triathlon é um esporte que traz benefícios para a saúde, redesenha o corpo, ajuda a disciplinar o dia a dia, melhora a alimentação e o humor, ajuda a fazer novas amizades e, principalmente, conhecer a si mesmo.
Fonte: Sesc 
Bons treinos!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner
Confira alguns produtos para TRIATHLON no site:
Bermuda Triathlon Flets Sport Brazilian 2013
Macaquinho CEP Skinsuit
Top Flets Sport Triathlon 2012 Feminino
Máscara de natação Aqua Sphere Seal XP

2 comentários:

  1. Muito acertado e verdadeiro teu post. Parabéns. Meu carinho.

    ResponderExcluir
  2. Excelente. Muito boa a definição: "... uma filosofia de vida, uma nova consciência sobre o corpo e a mente, a saúde e a autoestima. Representa, ao mesmo tempo, superação física e crescimento pessoal."
    É isso.

    ResponderExcluir