27 de mai de 2013

O que comer após a atividade física?

Foto: Divulgação/ Shutterstock


A alimentação desempenha importante papel na atividade física, pois prepara o organismo para o esforço, fornecendo os nutrientes necessários ao bom funcionamento do corpo. Estes nutrientes irão variar de acordo com o tipo de exercício e o objetivo que se pretende alcançar.

A hipertrofia muscular ou o ganho de massa muscular está entre os principais objetivos dos praticantes de atividades físicas. Além de seguir a rotina de treino, orientada por um profissional, uma alimentação equilibrada é fundamental para garantir o adequado aporte de nutrientes e potencializar os resultados desejados.

Após a realização do exercício é importante repor a energia que foi gasta durante a atividade bem como auxiliar na recuperação/reparo da musculatura.

O carboidrato é fundamental para a prática de atividade física, pois gera glicose que fornece energia ao organismo. Após a atividade o consumo de carboidratos contribui para que a recuperação muscular se torne mais rápida, preparando o músculo para atividades subsequentes.

Arroz integral, massas integrais e pão integral são boas opções de alimentos fontes de carboidratos. Após a atividade eles podem ser utilizados em refeições para auxiliar na reposição de energia. Opções são: sanduíche com pão integral com queijo branco ou tofu, massa integral com molho de tomate e arroz integral com oleaginosas.

A granola a aveia e o mel também são boas opções de alimentos fontes de carboidratos. Opções de preparações são: iogurte natural com granola e mel, frutas in natura com aveia e mel.

As proteínas são de extrema importância para aqueles indivíduos que buscam ganho de massa muscular, já que é utilizada para a síntese protéica que ocorre no período pós-atividade física. Durante o exercício ocorrem lesões nas fibras musculares que precisam ser reparadas, fornecendo a quantidade necessária de proteínas pode-se acelerar o reparo muscular e favorecer o aumento de massa muscular. 

A quinua, o amaranto e a soja são excelentes fontes de proteínas vegetais de alto valor biológico. Podem ser usados cozidos e adicionados em saladas ou ainda misturados com o arroz integral. A quinua e o amaranto em flocos podem ser usados em iogurtes e frutas.

As oleaginosas também são boas opções de proteína vegetal, pode ser feito um mix com nozes, amêndoas, castanha de caju, castanha do Brasil, amendoim e pistache para consumir após a atividade física. Elas podem ainda ser adicionadas em diversas preparações, em saladas, massas e arroz de forno.

Fonte: Thais Souza Nutricionista do Mundo Verde 
Bons treinos e ótima alimentação!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner
Confira alguns produtos em nosso site:
Tênis Mizuno Wave Prorunner 16
Macaquinho Mynd Tri Masc
Monitor Cardíaco Polar Rcx5 Tour De France NOVO!
Goma De Carboidrato Honey Stinger Organic Energy Chews


Nenhum comentário:

Postar um comentário