19 de ago de 2010

Brasil no Pan-Pacífico

Começou ontem o Pan-Pacífico, disputado em Irvine, nos Estados Unidos. A temporada começou com uma grande mudança: proibição dos trajes tecnológicos, o fim da era dos supermaiôs.

O torneio começou como um duelo entre Estados Unidos, Austrália, Japão e Canadá (nações banhadas pelo Oceano Pacífico). Ao longo dos anos cresceu e mais países foram convidados. O torneio já teve 10 edições e só não teve quebra de recorde mundial nas edições de 1993 e 1997.

Acima, imagem de Cesar Cielo e Nicholas Santos

Essa será a terceira participação brasileira no Pan-Pacífico, e o Brasil entra na disputa com a maior delegação de sua história. A equipe conta com 41 nadadores - sendo 23 da seleção oficial. Após os dois pódios em 2006, tenta melhorar sua performance na competição, com atletas recordistas, que conquistaram títulos olímpicos e mundiais.

O campeão olímpico e mundial e recordista nos 50 metros e 100 metros livre, Cesar Cielo (grande destaque do Brasil) começou bem, conquistou o primeiro ouro brasileiro nos 50 metros borboleta. A prata também foi brasileira, com Nicholas Santos.

A competição vai até sábado, dia 21.







Nenhum comentário:

Postar um comentário