16 de fev de 2012

Hidratação, uma prática importante neste Verão!


  Quando se realiza algum tipo de exercício físico o corpo tem alguns desafios para enfrentar, como dissipar o calor para o ambiente e evitar a perda excessiva de água (causando a desidratação). Portanto, com a prática de atividade física a necessidade de se hidratar aumenta. 
  Para um adulto em condições normais, a recomendação é de 35 ml/kg de peso corporal, ou 2 a 2,5 litros de água por dia.
Muito da água perdida vem do sangue, levando a uma diminuição do fluxo sanguíneo, podendo prejudicar a função cardiovascular. Com o aumento da temperatura corporal, o suor entra em cena para eliminar o calor e manter a temperatura do corpo. A evaporação de 1g de suor remove 0,6 kcal. Assim, em condições de temperatura ideais, o excesso de calor pode ser evaporado na forma de suor.
 Os riscos de uma desidratação no verão são maiores! Por isso, nesse período, a preocupação com água aumenta. A desidratação ocorre quando você tem uma perda de água corpórea muito grande. Quando ocorre uma ingestão insuficiente ou perda excessiva de água, o organismo responde reabsorvendo mais água.
  A sede, em indivíduos normais e em condições normais, é uma das formas de controle da ingestão de água no organismo, sendo estimulada quando a quantidade de água no meio extracelular diminui ou quando a água ou o sangue se tornam muito concentrados. É constatado que, a desidratação é a doença que mais mata crianças com menos de 1 ano.
  Explicaremos de uma forma resumida a importância da hidratação antes, durante e depois das atividades físicas.
  Antes do início da atividade física, estar bem hidratado assegura respostas fisiológicas e melhores desempenhos na diminuição do batimento cardíaco, no uso do glicogênio e aumento do fluxo sanguíneo, no desempenho e resistência. Durante a atividade física, a hidratação é necessária para diminuir o risco de algum problema relacionado ao estresse térmico.
  A hidratação após o exercício atua no reequilíbrio hídrico e na temperatura central, por isso tanto a reidratação quanto a reposição de eletrólitos perdidos pelo suor são fundamentais durante o processo de recuperação após o exercício em que ocorreu grande perda de suor.
  É importante também termos muito cuidado com a qualidade da água e não só com o seu consumo. A água costuma ser o veículo de muitas doenças, como a diarreia. Portanto, fica uma dica para quem não tem o hábito de beber água: carregue sempre uma garrafinha com você, não só quando for praticar exercícios físicos, mas também nas atividades do dia-a-dia, o que é super importante!

Referências:
http://mondayacademia.wordpress.com
http://talytafortuna.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário