31 de mai de 2012

Equipes brasileiras de ciclismo no topo

A UCI (União Internacional de Ciclismo) anunciou que as equipes brasileiras Funvic/Pinhamonhangaba e Real Cycling/Sorocaba permanecem com a primeira e segunda colocação, respectivamente, no Ranking América Tour.

O Brasil, muito bem representado, ganha cada vez mais espaço entre as demais equipes, sendo que o topo foi conquistado pela Funvic no início de março e mantém seu lugar, agora com 288 pontos.

A Real Cycling, representando a cidade de Sorocaba, tem 51 pontos de diferença para Pinda, fechando um total de 237 pontos. Subindo da sétima para a terceira posição está a colombiana EPM-UNE (222 pontos). A Team Nippo e Team Optum Presented desceram uma posição no ranking e contam com 191 e 158 pontos, respectivamente.

Já representando a elite masculina no mesmo ranking, aos 26 anos, o brasileiro Magno Prado Nazaret (Funvic) está na segunda posição, com 90 pontos, sendo 25 de diferença do argentino Ariel Maximiliano Richeze.

Na terceira colocação está o venezuelano Jimmi Briceno com a mesma pontuação de Nazaret. O quarto e quinto colocados, Jorge Soto Perera e Juan Cotumba, representam com 86 pontos cada.

O melhor do mundo
Permanecer com a maglia rosa durante vários dias no Giro d'Italia rendeu ótimos resultados ao espanhol Joaquim "Purito" Rodriguez (Katusha), um dos maiores destaques da competição, mesmo perdendo por 16 segundos para o canadense Ryder Hesjedal (Garmim-Barracuda).

O último grande momento do atleta foi conquistar a primeira colocação no ranking mundial da UCI, num total de 404 pontos, atualizado após a última etapa do Giro (27 de maio).

Purito estava na sexta posição pulou para o primeiro lugar, deixando para trás o belga Tom Boonen (Omega Pharma-Quickstep), com uma diferença de 38 pontos. Vincenzo Nibali (Liquigaz-Cannondale), Samuel Sanchez Gonzalez (Euskatel-Euskadi), Peter Sagan (Liquigaz-Cannondale) e Bradley Wiggins (Sky) também tiveram uma posição reduzida.

No entanto, Ryder Hesjedal subiu muitas p osições. Antes, na 68ª colocação, o canadense saltou para o 8º lugar, com 197 pontos, após vencer em Milão. O italiano Damiano Cunego (LAMPRE - ISD) também melhorou sua pontuação, saindo da 17ª posição e ficando como 9º colocado.

Equipes
As conquistas de Rodriguez também deram o primeiro lugar entre equipes do ranking mundial à Katusha, que saiu da quarta posição, invertendo as posições com a belga Omega-Pharma-Quickstep. 

Em primeiro está a Katusha 708 pontos, a Liquigas-Cannondale (633 pontos) e a Sky (597pontos) permanecem em segundo e terceiro respectivamente, deixando a Omega Pharma-Quickstep (574 pontos) em quarto.

Por Aline Rodrigues

Um comentário:

  1. Nossa! Como arruma tempo para escrever tanto? rs

    Continua...

    Fausto

    ResponderExcluir