20 de mar de 2013

Bolhas? Confira dicas para prevenir o machucado e cuide bem dos pés


O atrito da pele com o calçado, com a meia ou alguma poeira já podem causá-las, ainda mais em atividades na neve ou em temperaturas altas


Difícil é encontrar um corredor que nunca tenha tido bolhas. Na verdade, não precisa nem ser esportista para adquirir esse machucado inconveniente. O atrito da pele com o calçado, com a meia ou alguma poeirinha já podem causá-las, ainda mais em corredores que participam de provas em neve ou em temperaturas muito altas, causando queimaduras na pele. O excesso de umidade causado pelo suor ou pela chuva também é um fator que facilita o aparecimento das temidas bolhas.

Mas, afinal, o que são as bolhas? É o acúmulo de um líquido incolor, fluido, entre as camadas interna e externa da pele, chamado de exsudato. A irritação é ocasionada principalmente pelo excesso de fricção. O melhor a ser feito, ao chegar em casa, é descansar os pés. Tire o par de tênis, deixe os pés respirarem e ponha-os para cima, apoie em alguma almofada. O importante é relaxar e fazer o sangue circular melhor pelo corpo. Se possível, passar hidratante nos pés também ajuda na recuperação.

Como evitar

Para prevenir as bolhas, o melhor a ser feito é escolher muito bem o tênis; cuidar dos pés na véspera das prova; jamais usar sapatos muito apertados, mas também não deixá-los folgados para não roçar; utilizar pomadas e vaselina; se tiver pontos sensíveis no pé, proteger com esparadrapo.

Tratamento

O primeiro passo a ser feito é, claro, tirar o sapato para aliviar e deixar o pé "respirar". Caso comece a sentir dores no meio de uma prova, pare! A bolha pode estourar e formar um ferimento com sangue. Passe em alguma farmácia próxima, compre gaze, esparadrapo e faça um curativo. A partir daí, você deve tomar as seguintes medidas:

  • Ao chegar em casa, limpe bem o ferimento com água, sabão e um antisséptico;
  • Não fure a bolha! Assim evita o risco de infecções. Ela seca em uma ou duas semanas. A bolha só deve ser rompida se o local já estiver infeccionado, o que deve ser feito por profissional especializado;
  • Não remova a pele da bolha, mesmo que parte dela já tenha soltado, pois pode causar um ferimento ainda maior;
  • Não use sapatos fechados até secar. Caso não possa trabalhar com sapatos abertos, faça um bom curativo no local para o calçado não roçar no machucado. Ao chegar em casa, deixe o local do ferimento aberto;
  • Evite correr nos dois ou três dias após a bolha se romper. Isso permite que haja uma regeneração da pele;
  • Use sempre meia limpas e secas.

Fonte: Globo.com 
Bons treinos, e cuide-se!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner
Confira alguns produtos no site:

Meia Asics Kayano Classic Low
Cadarço Elástico Yankz Brasil
Meia de Compressão CEP Running
Calça Flets Sport Running Soul 2013



Foto Crédito: Boa Borma

Nenhum comentário:

Postar um comentário