22 de abr de 2013

Alimentação antes da corrida: como evitar dores na lateral do abdômen


Foto: Divulgação


Especialista afirma que se exercitar em jejum não faz bem à saúde, e recomenda um intervalo de uma a duas horas até começar os exercícios


Nos treinos ou provas realizadas no início da manhã, existe sempre uma preocupação com a alimentação prévia à atividade. Podemos considerar consenso a recomendação de não competir em jejum. A falta de uma ingestão de alimentos na manhã do dia da prova representaria competir após jejum de várias horas, o que comprometeria o desempenho, podendo até precipitar um episódio de hipoglicemia com consequências mais sérias.

Entretanto, ingerir alimentos imediatamente antes de uma atividade física também requer certos cuidados. Existe um quadro de desconforto que pode prejudicar o atleta e até mesmo provocar a interrupção da atividade que tem relação com a ingestão de alimentos. Trata-se da incômoda dor no flanco, um episódio que muitos praticantes de esporte já experimentaram e que a ciência se preocupou em explicar.

A causa da dor de lado

Esta dor aparece de forma inesperada e pode se tornar tão intensa que inviabiliza a continuidade do exercício. Alguns estudos científicos puderam esclarecer sua causa. Segundo estas evidências, o quadro seria decorrente da presença de conteúdo no estômago, prejudicando o movimento descendente do músculo diafragma que se torna exacerbado quando a respiração é mais exigida durante exercícios mais intensos.

Quando o diafragma desce para expandir a caixa torácica, se houver conteúdo no estômago, o músculo se comprime contra este obstáculo mecânico. Esta compressão do diafragma ocasiona prejuízo da sua perfusão sanguínea, provocando dor. A conclusão é que iniciar uma atividade com conteúdo alimentar no estômago é desaconselhável.

Como evitar

Como conciliar então, a necessidade de ingerir alimentos e a prevenção deste quadro? A recomendação é que se respeite o tempo para o estômago se esvaziar antes de iniciar o exercício. O tempo de esvaziamento do estômago depende do volume ingerido, de seu estado físico, e de sua composição. Alimentos líquidos, sem gordura ou alta concentração de proteínas podem se esvaziar rapidamente do estômago.

Estes requisitos devem orientar a alimentação pré-atividade. Portanto, a sugestão é ingerir alimentos predominantemente na forma líquida como fonte de carboidratos. As frutas e sucos naturais ingeridos com moderação são uma boa opção. O carboidrato na forma de gel pode também ser utilizado. É importante respeitar o tempo de uma a duas horas até o início da prova para maior segurança, possibilitando a ingestão de outras fontes de carboidrato como pães e proteínas magras como peito de peru.

Estes cuidados resguardam a necessidade de aporte de energia, evitando os males do jejum prolongado e prevenindo a tão temida dor no flanco.
Fonte: Globo Esportes 
Bons treinos!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner
Siga a Fast Runner também no Instagram: @lojasfastrunner ou clique aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário