26 de jul de 2013

Importância dos pigmentos naturais nos alimentos para promover saúde

Foto: Divulgação

Substâncias bioativas colorem os alimentos e possuem as propriedades antioxidantes, que ajudam a diminuir o risco cardiovascular e o câncer


Existem evidência científicas que os pigmentos naturais servem não apenas para colorir os alimentos, mas para promoção da saúde e do bem estar, reduzindo o risco de doenças crônicas não transmissíveis. Entre estas substâncias bioativas encontradas nos alimentos estão os carotenoides, licopeno, luteína zeaxantina, clorofilas, polifenóis, cúrcuma.

Carotenoides

Os carotenoides são pigmentos que conferem cores aos alimentos do amarelo ao vermelho: betacaroteno, licopeno, luteína e zeaxantina.

Betacaroteno

É precursor da vitamina A, presente principalmente em alimentos de origem vegetal, frutas e hortaliças amarelas/ alaranjadas/ vermelhas (batata doce, cenoura, abóbora...)

A fonte de vitamina A pré-formada é encontrada em alimentos de origem animal: fígado, gema de ovo, leite, manteiga, atum, queijo, creme de leite e leite em pó integral; e na forma de betacaroteno.

Aumenta a resposta imunológica e reduz o risco de doenças crônicas não transmissíveis, como câncer e doença cardiovascular; prevenção da cegueira noturna e melhora da acuidade visual.

Licopeno

O licopeno é um pigmento carotenoide encontrado em alimentos como tomate (in natura e produtos/ molhos derivados do tomate), melancia, goiaba, morango e outros. Tem atividade antioxidante, protege as moléculas contra a ação deletéria dos radicais livres.

Estudos populacionais recentes mostram correlação entre a utilização de alimentos ricos em licopeno e redução de doenças como Hipertensão Arterial, Doença Cardiovascular e cânceres cervicais e de próstata.

Luteína e Zeaxantina

Pertencem a classe dos pigmentos carotenoides. Não podem ser convertidos em vitamina A, mas estudos recentes demonstram proteção contra o desenvolvimento de doenças oftalmológicas (catarata e degeneração macular), retinopatia diabética e câncer. Encontrados em vegetais amarelos e verde-escuros.

Alimentos Fontes

Luteína: Gema de ovo, milho, kiwi, suco de laranja/ laranja, maçã vermelha, suco de tomate, nectarina, pêssego.

Xantinas: Acelga, agrião, almeirão, taioba, vagem, pimentão verde, brócolis, rúcula, couve e espinafre.

Para atender as recomendações de vitaminas e minerais e ter boa ingestão de alimentos antioxidantes é fundamental ter na dieta frutas, verduras e legumes (hortaliças A, B e C). A alimentação variada e colorida fornece naturalmente estes micronutrientes, não sendo necessária suplementação vitamínica.

Os efeitos benéficos destes compostos bioativos estão além de conferir cor aos alimentos, mas promoção da saúde e bem estar pelas propriedades antioxidantes, redução de risco cardiovascular e de câncer.
Fonte: Globo Esporte 
Boa alimentação!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner

Nenhum comentário:

Postar um comentário