6 de ago de 2013

Hidroterapia alivia dores e fortalece a musculatura da coluna vertebral

Problemas estruturais, adquiridos ou não, podem ser amenizados se região conhecida como "casa de força" for trabalhada com exercícios específicos


Os membros inferiores são a base do corpo humano, e a coluna vertebral, como o nome já diz, é a coluna estrutural dele. Ela é composta por ossos, ligamentos, tendões, músculos e nervos, um esboço ósseo que envolve e protege a medula, parte importantíssima do sistema nervoso central.

A musculatura que envolve toda esta região é conhecida como casa de força, “power house”. Às vezes, nascemos com um problema estrutural, outras vezes o adquirimos posteriormente, como consequência de quedas, acidentes de carro, traumas. Se a musculatura estiver fortalecida e flexível, conseguimos conviver com estes problemas.  Quando nos tornamos sedentários, os sintomas podem voltar. Parece simples, basta fortalecer as musculaturas anterior e posterior, mas pode ser complicado, e é necessária a ajuda de um médico e de um fisioterapeuta.

O famoso CORE, que está em alta nos exercícios funcionais, pilates, na musculação e no hidropilates, nada mais é do que o fortalecimento das musculaturas anterior - abdominal - e posterior - composta pelos músculos dorsais e glúteos. A água, por ser um meio instável que gera desequilíbrio constante, é capaz de ajudar neste fortalecimento. Para equilibrar-se durante as atividades de hidroterapia e ou hidroginástica, é necessário contrair a musculatura do CORE o tempo todo.

Na hidroterapia, recebemos vários pacientes com dores na coluna, na região lombar, dorsal e na cervical. Os problemas podem ser mecânicos como protusões, hérnias e compressões, mas normalmente são por fraqueza e encurtamento muscular.

Podemos utilizar a água de várias maneiras, de acordo com a patologia do paciente, do grau de dor e de desconforto. Muitas vezes, é necessário aplicar um relaxamento, respiração e deslizamento fascial. Utilizamos o calor da água e o empuxo, que atua na redução da ação da gravidade sobre as vértebras, diminuindo o peso corporal e a tensão muscular, o que alivia a dor.

Os exercícios são coordenados com a respiração diafragmática com o objetivo de relaxar e soltar a musculatura, aliviando a tensão e diminuindo a dor. Progressivamente, outros exercícios de estabilização são acrescentados para o fortalecimento de toda a região, devolvendo a mobilidade da coluna vertebral.

Quando houver qualquer desconforto em alguma parte da coluna, irradiando ou não para a perna, devemos ficar alertas e parar de correr para não agravar os sintomas. Após este repouso, se não houver melhora, devemos procurar um especialista. Vamos ouvir o nosso corpo!
Fonte: Globo Esporte 
Bons treinos!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner
Confira alguns produtos no site da Fast Runner:

Tênis Mizuno Wave Creation 14 FemPolaina Cep Allsports Sleeve FemFone De Ouvido H2O X1 For Women

Nenhum comentário:

Postar um comentário