18 de nov de 2013

Triatlo: estudos revelam descobertas sobre lesões em atletas amadores

#Triathlon #triatlo #Triatlon #Esporte #Saude #Corrida #Ciclismo #Natacao #Running
Foto: Shutterstock


Número de praticantes da modalidade é cada vez maior, aumentando o interesse de pesquisadores no esporte, o que contribui com o desempenho


O triatlo é um esporte que envolve natação, ciclismo e corrida. Na metragem olímpica, o atleta deve nadar 1,5km, pedalar 40km e correr 10km, nessa ordem e sem interrupção entre uma modalidade e outra. Mas existem eventos mais longos, como o Ironman, onde as distâncias para as três modalidades, respectivamente, passam para 3,8km, 180km, e 42,2km.

Assim como na corrida de rua, o número de atletas vem aumentando cada vez mais no triatlo, aumentando o interesse de pesquisadores sobre o esporte, a fim de contribuir para a melhoria do desempenho dos atletas e ajudar na prevenção de lesões.

A revista britânica The Journal of Sports Sciences publicou em sua edição de outubro deste ano uma revisão sobre as lesões em atletas de triatlo amadores, mostrando resultados interessantes:

- A maior parte das lesões ocorre durante a corrida (50%), seguida do ciclismo (43%) e natação (7%);
- O maior índice de lesões foi observado em pessoas que treinam mais de 10 horas por semana;
- O joelho é o campeão de lesões;
- A idade do atleta parece não interferir na incidência das lesões;- E aquela que os autores do estudo dizem ser a principal descoberta: o principal fator de risco para lesões em atletas amadores é a participação em eventos competitivos. A explicação proposta por eles é que o atleta está com a “adrenalina” em alta durante a competição, o que o torna mais susceptível a ignorar suas dores e atingir um nível de atividade mais alto do que nos treinos habituais.

Outra pesquisa científica mostrou que a aquecimento inadequado antes de treinos e provas também é um fator que predispõe o atleta a lesões. Ela também confirmou que a idade não é um dos fatores determinantes para o seu surgimento, embora atletas com mais tempo no esporte apresentem mais lesões em comparação aos novatos. Os autores especulam que isso acontece por um acúmulo de sobrecarga, onde o atleta não passa pelos períodos de descanso e recuperação necessários entre provas e temporadas.

Destes resultados, o triatleta amador pode tirar algumas dicas para se manter longe das lesões: não participar de muitas provas consecutivas, respeitar o tempo de recuperação e repouso do corpo e sempre realizar um bom aquecimento antes da atividade. E, claro, tudo isso aliado a uma boa preparação física, para que o corpo suporte os exercícios e se mova de uma maneira adequada.
Fonte: Globo Esporte | Raquel Castanharo é mestra em biomecânica da corrida na USP. 
Bons treinos!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner

Siga a Fast Runner também no Instagram: @lojasfastrunner ou clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário