16 de set de 2014

O chocolate amargo e seus benefícios

Foto: ISTOCKPHOTO
O chocolate é fabricado a partir do cacaueiro (Theobroma cacao L), uma planta nativa das florestas quentes e úmidas. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) esse alimento contém no mínimo 25% de sólidos totais de cacau. As matérias-primas básicas para sua produção são o liquor (obtido pelo refino da massa de cacau), a manteiga de cacau e o açúcar, podendo-se ou não adicionar lecitina de soja, aromatizantes, leite (em pó integral e desnatado) e outros.

Os efeitos benéficos do chocolate amargo são conhecidos, porém tem sido mais divulgado na mídia atualmente. Por ser composto a base de cacau, fonte natural de polifenóis, o chocolate perdeu o status de vilão.  Os polifenóis ganharam mais atenção e maior interesse nutricional, devido à sua capacidade antioxidante e as suas possíveis implicações benéficas na saúde humana, tais como no tratamento e prevenção do câncer, doença cardiovascular e outras patologias. Tem-se discutido sobre outros efeitos como anti-microbianas, vasodilatadora e analgésica. 

Os compostos fenólicos e capacidade antioxidante do cacau são significativamente superior à quantidade de antioxidantes totais e capacidade antioxidante do chá verde, chá preto e vinho tinto. 

A semente de cacau é constituída por 37% de catequinas, 4% de antocianinas e 58% de procianidinas. Por possuir maior porcentagem de cacau, o chocolate amargo apresenta uma concentração de polifenóis maior que em outros tipos, como o ao leite. 

Outros efeitos benéficos foram apontados em estudos como a redução do cortisol, pressão arterial, LDLc e do HOMA-IR, assim como a melhora da sensibilidade a insulina em individuos  hipertensos. 

O chocolate tem uma contribuição significativa na dieta como fonte de antioxidantes, porém não se pode esquecer do valor calórico que esse alimento possui e que deve ser consumido com moderação. Além disso, é fundamental prestar atenção nos rótulos dos produtos para consumir  aqueles com alta porcentagem de cacau e pouca adição de gorduras e açúcares.
_______________________________________________________________________

Texto desenvolvido por Mariana Frank, graduada pelo Centro Universitário São Camilo e Pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional, membro da Diretoria do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional (IBNF), da equipe de Flavia Araujo (Fuca), nutricionista esportiva, graduada pela Universidade Anhembi Morumbi, atleta competitiva há 10 anos. Nutricionista de atletas amadores, profissionais e olímpicos, faz parte da CBDA (Confereração Brasileira Deportos Esportivos).


Confira os novos tênis da Asics:
• Asics Gel Nimbus 16
• Asics Gel Kayano 20
• Asics Gel Cumulus 16
• Asics Gel GT 2000 2

Bons treinos!

Equipe Fast Runner

Nenhum comentário:

Postar um comentário