16 de mai de 2012

A CAMINHO DA PROVA TRISTAR EM CANNES

Olá leitores!

Quero contar um pouco sobre meus preparativos para a prova TRISTAR em Cannes, prova que participei agora dia 29 de abril.
Resolvi tirar férias, queria dar uma sumida, ir para um lugar bonito e diferente. Quando um amigo me falou sobre esse triathlon em Cannes, logo de cara me despertou interesse. No Sul da França, montanhas lindas, mar azul do Mediterrâneo, pit-stop em Paris na ida e na volta, pronto! Não precisou de muito, pois a decisão estava tomada, embarcaria em 10 dias para a França, rumo ao Tristar Cannes.
Dia 20/04 cheguei em Paris, acabei não levando a bike... levei apenas o clip, pedal, capacete e selim (não vivo sem meu selim).
Fiquei em Paris 3 dias, consegui correr 2 dias, estava frio, mais sem dúvida foi o lugar que mais gostei de correr no mundo. Meu percurso era as margens do Sena, passando pelo Louvre e Torre Eiffel, ruim né? No 1° dia saí para correr sem destino às margens do Sena e pensei comigo: vou correr até a cidade começar a ficar feia, e isso não aconteceu, só de ida se foram 1h20 min de corrida forte e empolgada pelas paisagens, monumentos e com o som sempre bombando em meus ouvidos fazendo meu treino parecer um vídeo clip.
No dia 23 de abril embarquei de trem (TGV) para Cannes, viagem de quase seis horas, mas muito confortável e com as mais belas paisagens. Eu como sempre desligada e sem saber falar francês, entrei sem saber em um vagão de primeira classe, estava achando estranho estar sozinha no vagão, quando tomei um susto! O funcionário do trem veio cobrar meu ticket: “- Mademoiselle, sont 190 euros!!! Eu só respondi: Pardon!!!”
Cheguei em Cannes e aluguei uma bike, instalei o clip e logo de cara vi que ia sofrer;  a bike era bem pesada, meu amigo a apelidou de Berta, “Berta???” Ele me explicou que era  devido a semelhança dela com a  empregada corpulenta e grosseira do seriado Two and a half man. Eu depois de rir muito, retruquei: Vou fazer a Berta suar nas montanhas amanhã e ficar mansinha, mansinha! Fazer o quê se minha bike está longe de ser a ideal, eu to aqui para me divertir, fazer uma prova... e tudo isso na França! E foi o que fiz, relaxei da prova e acabei fazendo 3 pedais maravilhosos, subi montanhas como Col de La Madone e La Turbie. Dê uma olhada no Lance discursando sobre essa montanha no vídeo abaixo:



Dispensa comentários! Lugar mágico... melhor pedal da vida!
Depois fiz passeios lindos, comi bem, tomei muito café com chantilly e croissant.
O tempo foi passando, e o dia da prova se aproximando....
Vou deixar o suspense. Amanhã conto sobre a prova!

Por Nina Keller


Não deixe de levar seus equipamentos na viagem:

Clip: http://migre.me/96IPo
Pedal: http://migre.me/96IYe
Selim: http://migre.me/96J5j
Capacete: http://migre.me/96J8O
Tênis: http://migre.me/96Jct






Um comentário:

  1. o video ajuda a concluir em palavras o que deve ter sido!!! rs

    Fausto

    ResponderExcluir