13 de jul de 2012

Triatletas favoritos a medalhas nas Olimpíadas

Olá galera!

Estamos perto das Olimpíadas, e eu adoro essa época! Acho mágico ver os maiores atletas do mundo reunidos, disputando, representando sua pátria. É muita luta para chegar lá, muito treino, muito suor, dedicação e dificuldades.
Se eu tivesse tempo, gostaria de saber a história de cada atleta e sobre tudo que teve que ultrapassar para se tornar um atleta Olímpico.
O triathlon teve sua estréia nas Olimpíadas em Sydney no ano de 2000. Neste ano, 3 brasileiros vão nos representar em Londres: Reinaldo Collucci, Pâmela Oliveira e Diogo Sclebin.
O triathlon Olímpico é cheio de regras criadas pela ITU. Nessa competição, o vácuo na bike é permitido, por isso a corrida é tão emocionante e decisiva nesse tipo de prova! Vamos conhecer um pouco sobre os favoritos a medalha de ouro e um pouco sobre as qualidades e fraquezas dos nossos adversários.
Este ano, segundo a Revista Triathlete de Agosto, os favoritos a medalha de ouro são: os ingleses e irmãos Alistair e Jonathan Brownlee.

Alistair Brownlee (o mais velho): Já foi campeão mundial 2 vezes, e ele nada, pedala e corre como ninguém! Alistair corre os 10 km em menos de 30 minutos, depois de pedalar os 40 km puxando o pelotão da bike. Em Fevereiro ele sofreu uma lesão no tendão de Aquiles, mas já voltou em Junho vencendo algumas provas que participou.

Irmãos Brownlee
Jonathan Brownlee (o mais novo): Foi campeão mundial de sprint triathlon, é medalha de prata no mundial. Muitos acreditam que Jon é favorito para ganhar a medalha de ouro porque ele é mais resistente que seu irmão. Jon acaba de passar o inverno sob um consistente treinamento e está sedento pela medalha.

Javier Gomez (Espanha): Ele já foi campeão mundial 2 vezes e tem uma consistência na corrida que pode vencer a corridas dos irmãos Brownlee, e ele tem a vantagem de não ter a pressão de ser britânico e de não estar tanto sob holofotes como os irmãos Brownlee.

No feminino as favoritas são:
Helen Jenkins (Inglaterra): A inglesa já foi 2 vezes campeã mundial, e sua única fraqueza é que ela não tem muito sprint no final da corrida.

Andrea Hewitt (Nova Zelândia): Ela venceu no ano passado o Worls Triathlon Series Grand Final em Beijing, Hewitt fica atrás do pelotão a corrida toda e sempre ataca no final da corrida.

Paula Findlay (Canadá): Se não fosse pela sua recente lesão no quadril Paula seria a favorita a medalha de ouro. Ela venceu consecutivamente 3 das mais importantes provas ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário