24 de set de 2012

A importância dos exames e testes laboratoriais

Shutterstock
Começo este artigo perguntando: Quando foi a última vez que você passou por uma avaliação médica geral ou por uma bateria de testes para avaliar a sua real condição física em esforço?
Se você respondeu que foi recentemente, considerando os últimos 6 meses, parabéns! Você pode praticar as suas atividades físicas e passar por períodos de treinamento com maior segurança. 
Tanto você, como o seu técnico – se tiver um – vão poder planejar uma temporada de treinos e competições de forma saudável, explorando as suas capacidades físicas e alcançando objetivos com maior qualidade e em menos tempo.  
Se você respondeu que faz muito tempo ou, pior, nem se lembra quando foi, cuidado!
Recentemente tivemos 2 óbitos durante eventos de triathlon nos EUA, que aumentaram as estatísticas de mortes súbitas em competições. Nestes dois casos, os atletas atestaram em suas fichas de inscrição que estavam treinados adequadamente e aptos a participar daqueles eventos.
Mas de quem é a culpa nestes casos?
Muitas pessoas hoje em dia, acham que porque já estão praticando atividades físicas e treinamentos diários são super saudáveis. Mas alguns cuidados devem ser tomados.
Antes mesmo de iniciar um programa de treinamentos, toda pessoa deve passar por uma bateria de exames, principalmente cardíacos, como eletrocardiograma, ecocardiograma e, ainda, por um teste de esforço chamado ergoespirométrico. Essas avaliações vão poder checar a real situação do principal músculo do seu corpo, o coração, em condições de repouso e, mais importante, em esforço.
Você também pode aumentar o seu controle realizando um hemograma completo, que avalia as células sanguíneas e pode identificar algumas doenças, além de como estão os seus níveis de colesterol, vitaminas e minerais. Um nutricionista pode solicitar este tipo de exame e, também, montar um cardápio balanceado.
Algumas vezes são descobertas alterações que desaconselham certas pessoas a praticar atividades com intensidades muito altas. Talvez se esses 2 atletas tivessem tomado alguns cuidados, como as avaliações citadas, estivessem vivos.
Recentemente uma lei federal foi aprovada para que clubes, academias e assessorias esportivas só autorizem que seus alunos e atletas pratiquem atividades com uma avaliação inicial e que estes apresentem uma nova avaliação em intervalos nunca superiores a 6 meses, aumentando o cuidado e a segurança de seus clientes.  
Portanto, antes de sair por aí correndo, pedalando ou nadando, marque uma avaliação e sinta-se muito mais seguro para buscar os seus objetivos.

Créditos:
Prof. Rodrigo Tomé
Limiar Assessoria Esportiva
rodrigotome@limiarassessoria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário