11 de dez de 2013

Corrida sem orientação pode gerar lesão e interromper os treinos

A Brand New Day
Foto: Foter / Thomas Hawk / photo on flickr

Lesões por estresse ocorrem tanto nas corridas ao ar livre como também nas esteiras. Por várias razões, as pessoas resolvem começar a correr em uma velocidade acima da sua resistência músculo-esquelética e de sua capacidade pulmonar. As lesões aparecem com dores localizadas e devem ser tratadas o mais rápido possível.

Uma paciente descobriu que estava com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), que geralmente acomete fumantes crônicos. Ela resolveu começar a correr na esteira em casa, sem orientações e lesionou o quadril direito. Pensou nos pulmões e se esqueceu das articulações. Através de exames de imagem, constatou-se uma lesão óssea por estresse e foi indicado o repouso.

O atleta amador deve ficar alerta aos sintomas do seu corpo. Se ele continuar a insistir com a corrida na mesma intensidade, a lesão óssea pode transformar-se numa fratura, o tratamento será mais demorado e a interrupção da corrida será por um tempo bem mais prolongado.

Geralmente, o indicado é a fisioterapia aquática com zero impacto, mantendo a força muscular e mobilizando a articulação sem agredi-la. As propriedades físicas da água, como o empuxo, aliviam o peso corporal. Eliminando a ação da gravidade, a pressão hidrostática atua na eliminação do edema e na formação de células ósseas. A temperatura auxilia na diminuição da dor. Todo este conjunto acelera a recuperação da lesão.

A progressão dos exercícios quanto ao grau de dificuldade e o tempo de duração é muito importante tanto para os pulmões quanto para coração e ossos. O ser humano é um todo, é um ser global e precisa ser tratado como tal.

É indispensável ter orientação técnica antes de começar qualquer atividade física. Não se pode comprar uma esteira e começar a correr todos os dias sem intervalos, sem dar tempo para musculatura repousar e recompor seus nutrientes. Todos se acham um pouco especialista e muitas vezes se machucam.
O fortalecimento da musculatura é para proporcionar o suporte do seu próprio peso corporal sobre as articulações para não sacrificá-las.
Fonte: Globo Esporte | Sandra Wegner é professora de Educação Física e Fisioterapeutra.
Bons treinos!
Equipe Fast Runner
Por Fast Runner
Siga a Fast Runner também no Instagram: @lojasfastrunner ou clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário