10 de set de 2010

Pilotos de automobilismo também se arriscam no Triathlon

Está tornando-se cada vez mais comum a participação de pilotos automobilísticos em provas de triathlon pelo mundo. Eles utilizam a preparação para prova e a participação a seu favor, contribuindo para ter um bom preparo físico, necessário também atrás dos volantes.

Antonio Pizzonia, Tony Kanaan e Vitor Meira na prova de Miami, em agosto.

Um dos casos é Antonio Pizzonia, piloto da Stock Car, que aproveita o intervalo sem corridas para cuidar da parte física e se dedicar ao triathlon. O piloto disputou algumas provas esse ano como a 19ª edição do Huntington´s Disease Triathlon (em Miami, que teve 1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida), Triathlon Internacional de Santos (também com 1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida) e o Ironman Brasil 70.3 (em Penha, Santa Catarina, que que teve 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida). Pizzonia prepara-se agora para disputar, em novembro, o seu primeiro Ironman, em Cozumel, no México.

A prova de Miami, que ocorreu em agosto, também teve a participação dos brasileiros e pilotos da Fórmula Indy, Tony Kanaan e Vitor Meira.

Da Formula 1 há também alguns triatletas amadores. Os brasileiros Lucas Di Grassi e Bruno Senna participaram do TriStar111 em Mônaco, prova de triatlhon de revezamento. Senna fez um trecho de 100 km de bicicleta e Di Grassi disputou 1 km de natação e 10 km de corrida.

Outros pilotos da Formula 1 que já participaram de provas de triathlon são o alemão Nico Rosberg e inglês Jenson Button.

Nenhum comentário:

Postar um comentário